Translate

domingo, julho 09, 2017

O que são as cãibras e o que as causam

O que são as cãibras e o que as causam

As cãibras são dores fortes causadas por contrações musculares intensas, normalmente nos membros inferiores, espasmódicas, de forma que é possível ver os tendões e os músculos contraídos e que podem ocorrer em momentos diversos, como durante uma atividade física ou até na cama, dormindo. A parte realmente ruim é que o músculo contrai e não relaxa imediatamente, então, enquanto ele está contraído a dor e o incômodo persistem.

Ainda não se sabe as causas exatas, porém, acredita-se que algumas situações e problemas podem estar associados ou desencadear os espasmos das cãibras:

  • Desidratação.
  • Ficar numa mesma posição durante muito tempo. Isso pode comprimir nervos e cortar o suprimento de sangue para certos músculos.
  • Atividade física prolongada ou exagerada. Esse tipo de atividade pode fazer com que alguns músculos não recebam um suprimento adequado de sangue, oxigênio e nutrientes, promovendo as cãibras. Ainda, o acúmulo de ácido lático, por conta da fermentação láctica que ocorre nesses casos pode ser um fator relevante.
  • Perda ou carência de alguns elementos, como o sódio, o cálcio e o magnésio. Vários fatores podem desencadear essas deficiências, como a má alimentação, o suor da atividade física, capaz de levar à perda excessiva de sódio, medicamentos que têm efeito diurético, pois podem causar a eliminação excessiva de cálcio e magnésio e, ainda, durante a gestação também é possível ter carência desses elementos.
  • Má circulação sanguínea, como ocorre em certos exercícios físicos, no tempo frio ou ao se ficar muito tempo parado em uma posição (agachado de cócoras, ou dormindo encolhido no frio, por exemplo).

No que tange às cãibras que ocorrem durante a noite, pode ser que ocorram tanto por conta de esforço físico intenso durante o dia quanto pela falta de atividade. A urina e o suor em excesso podem causar grandes perdas de sódio e o organismo tende a usar o sódio dos músculos, gerando as contrações involuntárias. Além desse fator, as cãibras noturnas também podem estar associadas às baixas temperaturas ou à diminuição do calibre dos vasos sanguíneos no caso dos idosos. Nessas situações, pode ser que a contração da musculatura seja iniciada no sentido de gerar calor e/ou facilitar a circulação do sangue.

Em nível molecular, pode se dizer que a contração muscular ocorre quando a célula muscular recebe o estímulo nervoso e libera cálcio do retículo sarcoplasmático, que interage com as miofibrilas proteicas contráteis, promovendo a contração. (O retículo sarcoplasmático é um tipo especializado de retículo endoplasmático liso, encontrado nas células musculares). Após isso, o cálcio é bombeado de volta ao retículo sarcoplasmático e a célula muscular relaxa. Aparentemente esse mecanismo é dependente de íons sódio e, caso esse íon não esteja presente, a tendência é que o cálcio não retorne ao retículo sarcoplasmático, fazendo com que a contração muscular seja mantida, causando a cãibra.

Recomenda-se como medidas preventivas, uma alimentação balanceada e diversa, hidratar-se adequadamente durante as atividades físicas e não praticar ou executar exercícios exigentes sem o devido condicionamento físico. É difícil que as cãibras causem problemas sérios e o tratamento normalmente abrange procedimentos simples, como a prática de alongamentos e a hidratação, mas se o incômodo é grande demais ou se as cãibras estão ocorrendo sem associação com as causas mais comuns, convém procurar um médico.


REFERÊNCIAS


Gostou? Achou útil? Quer me ajudar? Clique em algum anúncio e no G+1.